Ministro das finanças anunciou um forte corte dos gastos do estado para 2018

Na apresentação da Lei do Orçamento, o Ministro das Finanças especificou que o Governo continuará a “reduzir os gastos com subsídios e com o funcionamento das entidades estatais”.

Fonte: Política Argentina

O ministro das Finanças, Nicolás Dujovne, apresentou formalmente à Câmara dos Deputados o projeto de Orçamento para 2018. “Continuaremos a reduzir os gastos com subsídios e com o funcionamento do Estado”, foi a frase usada para anunciar o forte corte que terá impacto nas tarifas de eletricidade e transporte.

De acordo com o portal de notícias Infobae, o texto da “lei das leis” indica que as despesas com subsídios econômicos serão no total de US $ 203 bilhões (R$ 721 bilhões), 13,2% menor do que em 2017.

“Em termos de PIB, os gastos em subsídios diminuirão de 23% para 1,6% em 2018”, segundo o projeto de Orçamento a ser debatido no Congresso Nacional.

Além disso, o governo prevê um crescimento de 19% na receita, de 2,1 trilhões de pesos. Por outro lado, as despesas primárias aumentarão 14,8%, para 2,5 trilhões de pesos (R$ 42 bilhões). Por sua vez, as despesas correntes cresceriam 14,6%, porém os benefícios sociais cresceriam apenas sete pontos.

59bc1f44c99d8_750x5002

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s