A Argentina é o maior emissor de dívida soberana nos últimos dois anos

De acordo com um levantamento da UMET, desde que Macri chegou à presidência, a Argentina assumiu dívidas por 132,96 bilhões de dólares, dos quais 108,17 bilhões emitidos pelo Tesouro Nacional e 76,03 bilhões em moeda estrangeira. Nesse período, fugiram 82,08 bilhões de dólares do país.

FONTE: Política Argentina

O levantamento mensal que realiza o Observatório de Dívida Externa da Universidade Metropolitana de Educação e Trabalho (ODE-UMET) mostrou que, desde o início do mandato do presidente Maurício Macri, as emissões de dívidas totalizaram 132,96 bilhões de dólares. Desse total, o Tesouro Nacional emitiu 108,17 bilhões (76.03 bilhões em moeda estrangeira), as províncias 12,33 e as empresas privadas 12.45 bilhões.

Além disso, no mesmo período, saíram do país  82.08 bilhões de dólares, uma saída que excede toda a emissão em moeda estrangeira do Tesouro Nacional. Segundo dados da Bloomberg, a Argentina é o maior emissor de dívida soberana no período 2016-2018 quando comparado aos seus pares emergentes em termos de emissões de dívida em moeda estrangeira. Este ano, a dívida será equivalente a 6,6 por cento do PIB.

5a93f9cb0dbfe_750x500

A dívida emitida em dólares totalizou 22.05 bilhões em 2016 e 28.41 bilhões em 2017, enquanto apenas em janeiro o Ministério das Finanças liderado por Luis Caputo adicionou mais 9 bilhões de dólares. Desses 9 bilhões, 1,75 bilhões tem vencimento em 11 de janeiro de 2023 (prazo a 5 anos), 4,25 bilhões em  11 de janeiro de 2028 (prazo de 10 anos) e 3 bilhões  expiram em 2048 (prazo de 30 anos). Os cupons foram 4,625%, 5,875% e 6,875%, respectivamente. Além disso, um estoque acumulado de Letes (título Del estado) em dólares de acordo com a legislação local deve ser adicionado por 16,56 bilhões com prazo médio de 316 dias, dos quais 3,5 bilhões foram emitidos em janeiro. Assim, a dívida em dólares  atinge a 76,03 bilhões.

O relatório da UMET destaca que este ano os vencimentos do capital e juros em pesos e dólares que devem ser pagos ou refinanciados são de 38,63 bilhões de dólares e, até 2019, o valor atingirá pelo menos 42,88 bilhões, o que representará 7 por cento do PIB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s