A imagem negativa de Macri cresceu e é a mais alta desde que ele é presidente

A má situação econômica e o retorno ao FMI aceleraram a queda da imagem positiva do presidente, enquanto a negativa está aumentando. Além disso, há pouca confiança na equipe econômica do governo.

FONTE: Política Argentina

A economia deixou o governo em maus lençóis e seus referentes políticos estão passando pelo pior momento desde que assumiram o poder. Com a subida do preço do dólar e a chegada do Fundo Monetário Internacional, a imagem positiva do Mauricio Macri continua em queda, enquanto aumenta a imagem negativa, que está no seu ponto mais baixo desde 2015. Além disso, as políticas econômicas tomadas por Cambiemos (coalizão no governo) também são rejeitadas pela maioria dos argentinos, que veem os reflexos da crise de 2001.

5af843d936e2b_750x500

Segundo uma pesquisa do Centro de Estudos de Opinião Pública (CEOP), 62,7% têm uma má imagem de Macri e apenas 35,7% o veem com bons olhos. É a menor imagem positiva desde o início do governo.

Tampouco a decisão do governo de recorrer ao FMI é vista com bons olhos. 76,9% discordam da medida, ou seja, quase oito em cada dez argentinos não aprovam o caminho tomado pelo partido no poder, e apenas 20,9% são a favor.

Além disso, a situação do país não é analisada positivamente: 67,4% consideram que a Argentina não passa por um bom momento, enquanto 30,7% consideram que o país não está mal. O indicador é preocupante ao levar em conta que 76% já não confiam na equipe econômica do governo.

Semelhante é a percepção acerca da própria situação econômica: 63,4% a consideram negativa e apenas 33,7% de forma positiva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s