Da Argentina para o mundo: NÃO AO FUNDO MONETÁRIO

É uma advertência que deverá ser levada em conta na hora de pagar ao FMI a dívida que deixará o governo de Cambiemos, contraída sem consultar com os argentinos, e que outra administração terá que enfrentar.

FONTE: Portal de Noticias

5b088fb4aa796

Sob o slogan “A Pátria está em perigo”, atores,  partidos políticos, sindicatos, organizações sociais e câmaras de empresários de pequenas e médias empresas convocaram à Praça da República para repudiar as negociações do governo com o organismo de crédito.

A manifestação começou ao meio-dia na Plaza Republica, em frente ao Obelisco, para expressar sua rejeição às negociações que o governo está realizando com o Fundo Monetário Internacional. Milhares de pessoas carregavam cartazes com os dizeres: NÃO AO FMI. Um cartão postal que viajará pelas mídias do mundo anunciando a vontade popular dos argentinos de se opor às negociações de Mauricio Macri com o organismo multilateral de crédito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s