Para a OCDE, a Argentina sofre um “declínio de confiança e fuga de capitais”

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) previu que a Argentina crescerá 2% este ano e alertou que o país sofre um “declínio na confiança e fuga de capitais”.

FONTE: Ámbito Finaciero

Assim, a agência explicou a recente crise cambial que afetou o valor do peso. A moeda argentina já se desvalorizou 22% em maio e acumula uma desvalorização de 34,6% desde o início do ano, tendência de queda que deve continuar.

A opinião da OCDE sobre a Argentina foi conhecida hoje em Paris, onde a organização realiza sua reunião anual até quinta-feira sob o lema “A reforma do multilateralismo”.

not_922929_30_082116_m

O relatório apresentado pela organização prevê um crescimento da economia argentina que ficará em torno de 2% em 2018 e 2,6% em 2019.

Matéria completa: Ámbito Finaciero

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s