Quarta-feira negra: Mercado de Valores despenca e o risco-país dispara

O Merval despencou mais de 10% e algumas ações caíram 17%. Enquanto isso, o risco-país subiu para seu nível mais alto desde outubro de 2015

FONTE:  El Destape

A Bolsa de Buenos Aires afundou mais de 10% no pior dia do mercado financeiro em anos por causa de rumores de que o governo propunha cobrar impostos para as ações. Enquanto isso, o risco-país chegou ao seu nível máximo desde que Mauricio Macri assumiu o cargo.

O principal índice, o Merval, caiu para 24.450,38 pontos. Os papéis das empresas de energia sofreram quedas de mais de 17%, atingidos pela perspectiva de que o governo reduza o ritmo dos aumentos das tarifas.

Os títulos das empresas de energia da Metrogas (-17,1%); da Transportadora de Gás do Norte (-17%); e da Distribuidora de Gas Cuyana (-15,4%) sofreram as maiores baixas.

“Os rumores de que o governo estaria analisando que os investidores pagassem impostos pelas ações fizeram com que os preços despencassem, principalmente nas últimas duas horas”, explicou um operador financeiro a El Destape.

O índice de risco-país medido pelo JP Morgan subiu 4,4% para 584 pontos. Este é o nível mais alto desde outubro de 2015.

0000154465

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s