US$ 10 BILHÕES DAS RESERVAS FORAM PERDIDOS

Em apenas 40 dias, os dólares do último desembolso do FMI “fugiram” da Argentina por causa do enorme endividamento. A economia argentina está à beira do colapso.

0036332527

A economia argentina, devido ao endividamento da política econômica desenvolvida por Mauricio Macri, está à beira do colapso. Em 44 dias, as reservas do Banco Central recuaram mais de 10 bilhões de dólares. É o valor do último desembolso do FMI.

Assim, o Banco Central ficou com 66 bilhões de dólares de reserva. Enquanto isso, o governo conseguiu ganhar alguns dias de calma no mercado de câmbio, com um dólar que está acima de 46 pesos.

O problema é que o principal banco do país continua a desperdiçar recursos e não tem como enfrentar qualquer possível corrida contra o dólar.

Vale lembrar que nem todas as reservas estão disponíveis livremente: de fato, esse número inclui as aplicações em dólares dos investidores e os diferentes SWAPs com a China.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s