“É a greve mais forte da era Macri”, disse Yasky.

Em declarações radiais Hugo Yasky, secretário geral da CTA – Central de Trabalhadores da Argentina- , destacou a medida de força que está sendo realizada em todo o país contra as políticas do governo de Cambiemos. O sindicalista ressaltou que “esse plano de ajuste não serve mais”.

FONTE: Política Argentina

O chefe do CTA dos Trabalhadores, Hugo Yasky, referiu-se à greve geral de 29 de maio como “a mais forte e mais vigorosa da era Macri”. As palavras do sindicalista foram dadas em diálogo com a Rádio El Destape. Ele ressaltou que a medida de força foi imensa “graças à convocação em conjunto com a CGT, as outras CTAs e as associações empresariais de PyMEs (Pequenas e Médias Empresas)”.

5c69b0e29218f_750x420
“A força da greve é absoluta”, insistiu, e “tem uma mensagem para o mundo exterior: aqueles que governam de fora têm que saber que esse plano de ajuste não serve mais.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s