Impossível comprar: as vendas de medicamentos caíram 13,8%

Segundo detalhou o setor farmacêutico, essa foi a  pior queda até agora neste ano. O principal fator é o aumento do preço dos remédios que já acumula 38% no primeiro semestre do ano, enquanto o salário mínimo ficou bem abaixo desse percentual de aumento. Já fecharam mais de 70 farmácias.

FONTE: En Orsai

O Salário Mínimo aumentou 12% nos primeiros 6 meses do ano, ficando em 12500 pesos. Enquanto isso, os medicamentos sofreram um aumento de 38% em seis meses, o que gerou a pior queda nas vendas atuais.

Por causa disso, 74 farmácias fecharam no mesmo período, deixando mais de 800 pessoas sem trabalho.

5d2f6f357dc6e_crop

Segundo informou o setor farmacêutico, comparado ao mesmo mês do ano passado, a compra de medicamentos caiu 13,8% no mês de junho. O principal motivo é o aumento dos preços dos remédios, que subiram 5,1% em junho.

As drogas que mais diminuíram sua venda fazem parte da lista básica de medicamentos essenciais desenvolvida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como anti-hipertensivos ou medicamentos para doenças crônicas.

Desde que Mauricio Macri chegou à presidência da Argentina, os aumentos de preços foram muito elevados: analgésicos, 733%; Ansiolíticos, 705%; antiácidos, 686%; anti-hipertensivo, 658% e antibióticos 406%.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s