O Banco Central limitou as remessas de dólares ao exterior

A partir do dia 31/08/2019, os bancos que operam na Argentina precisarão solicitar autorização prévia do Banco Central para poder enviar as remessas de dinheiro para fora do país. Assim focou estabelecido pelo órgão que dirige Guido Sandleris, que, dessa maneira, tenta impedir a fuga de dólares para o exterior.

FONTE: BAE Negocios

O mercado interpretou a medida como um primeiro passo em direção ao controle de câmbios. A entidade fez o anúncio como um esclarecimento no qual esclarece que a medida estava em vigor entre 2008 e 2018.

Efetivamente, através da Portaria A6768, a entidade relatou “que as instituições financeiras devem ter autorização prévia do Banco Central da República Argentina para a distribuição de seus resultados”.

E acrescentou: “Nesse processo de autorização, a Superintendência de Entidades Financeiras e de Câmbio levará em conta, entre outros elementos, os efeitos potenciais da aplicação das normas internacionais de contabilidade”.

Posteriormente, a própria entidade esclareceu que a medida “corresponde apenas a instituições financeiras, não a outro tipo de empresa” e acrescentou que “essa medida garante que a liquidez do sistema seja mantida, para que os depositantes possam ter a liquidez que exigem “. Antes de esclarecer que a medida “já estava em vigor de 2006 a 2018”, a entidade reconhece que foi reimplementada porque há “momentos de maior incerteza” e explica que “queremos que a liquidez do sistema seja maior para evitar qualquer tipo de falta de dinheiro “.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s