A CTEP levou a reinvindicação de emergência alimentar aos shoppings

Como em outras ocasiões, a organização da economia popular protestou contra a desigualdade em sete centros de compras na cidade de Buenos Aires. “Você não pode esconder a pobreza debaixo do tapete”, disse o líder Rafael Klejzer.

FONTE: Tiempo Argentino

A CTEP (Confederação dos Trabalhadores da Economia Popular) realizou simultaneamente e em mais de sete Shoppings da cidade de Buenos Aires um protesto para reivindicar a emergência alimentar, habitacional, educativa, laboral e da saúde. Responsabilizou a Ministra do Desenvolvimento Social, Guadalupe Tagliaferri, e o chefe do governo de Buenos Aires , Horacio Rodríguez Larreta pela aplicação do programa da fome na cidade.

(Foto: Prensa CTEP)

“Você não pode esconder a pobreza debaixo do tapete da cidade. Estamos realmente preocupados com a Emergência Alimentar. Temos problemas de moradia, de drogas e de indigência”, disse Rafael Klejzer, secretário geral da CTEP da Cidade Autônoma de Buenos Aires.

Não é a primeira vez que a CTEP escolhe os centros comerciais para realizar uma medida de força para chamar a atenção acerca da pobreza. Em 15 de novembro de 2018 e em abril deste ano, a organização que reúne trabalhadores da economia popular usou a mesma metodologia para reivindicar trabalho e protestar contra a “desigualdade social”.

(Foto: Prensa CTEP)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s