Justiça começa a investigar Macri por crimes cometidos após as PASO

O juiz federal Canicoba Corral ordenará uma série de procedimentos para determinar se o presidente ocasionou diretamente a alta do dólar em 12 de agosto, após a derrota nas eleições primárias.

FONTE: Diario Registrado

A Justiça Federal iniciou uma investigação para determinar se o Poder Executivo fez com que o dólar disparasse após as PASO –Eleições Primárias, Simultâneas e Abertas-, o que causou uma grande fuga de dólares do país e uma forte desvalorização do peso.

Para isso, o juiz Rodolfo Canicoba Corral investigará os acordos assinados entre o governo de Mauricio Macri e o Fundo Monetário Internacional (FMI), solicitando cópias ao órgão internacional e ao Ministério das Finanças da Nação, desde 2018.

Segundo fontes judiciais, o magistrado também solicitará relatórios sobre reuniões realizadas entre funcionários do FMI e do governo, incluindo registros de ingressos e saídas da Casa Rosada e do Banco Central correspondentes a 12 de agosto, ou seja, o dia seguinte às eleições primárias.

As medidas em preparação foram solicitadas pela promotora Paloma Ochoa após a denúncia feita por Fernando Míguez que apontou, a partir de várias fontes públicas, a possibilidade das alterações no sistema cambiário do país a partir de 2018 terem sido feitas sob as diretrizes do FMI.

Canicoba Corral citaria para o caso o economista Martín Redrado, que em 16 de agosto afirmou que Macri havia ordenado “não parar” a alta do dólar durante a “segunda-feira negra”. Como aconteceu naquela semana, o presidente decidiu deixar a moeda americana chegar às nuvens para “punir” o povo argentino por não ter votado nele nas PASO. As declarações de Macri durante aquelas horas confirmariam o fato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s