Anularam dois processos contra Cristina ordenados pelo juiz Bonadio

Por causa de graves irregularidades a Câmara Federal revogou duas causas criminais contra Cristina Fernández de Kirchner, vice-presidenta eleita no domingo 27.

A Câmara Federal revogou o processo de prisão preventiva que o juiz macrista Claudio Bonadío decretou a Cristina Kirchner pela causa dos corredores rodoviários e também pelo processo de compra de gás liquefeito. Começa a cair a perseguição judicial que CFK vem sofrendo desde janeiro de 2016.

Foi uma decisão da Sala I, assinada pelos juízes Leopoldo Bruglia e Pablo Bertuzzi, que revisaram várias das causas que saíram da megacausa “Cadernos“, muito semelhante a “Lava Jato” brasileira. Desde que Cristina deixou o poder, o juiz alinhado ao macrismo Claudio Bonadio iniciou uma caçada judicial para tentar colocá-la na cadeia e, assim, impedi-la de concorrer às eleições. Mas não conseguiu seu intento: CFK se elegeu senadora em 2017 e vice-presidente em 27 de outubro. Sua chapa obteve uma vitória retumbante no primeiro turno.

Juízes Sérgio Moro, Ricardo Lorenzetti e Claudio Bonadio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s