Deputados aprovaram a lei de Solidariedade que hoje será tratada no Senado

Com 134 votos a favor e 110 contra, o governo de Alberto Fernández obteve uma vitória inicial muito boa na Câmara dos Deputados, ao aprovar o projeto de lei necessário para iniciar o programa econômico e financeiro. Importante trabalho de Sergio Massa e Máximo Kirchner na câmara.

FONTE: Política argentina

O governo nacional chefiado pelo presidente Alberto Fernández já possui uma ferramenta importante para lançar o abrangente programa econômico-financeiro detalhado pelo ministro da Economia Martín Guzmán.

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei de Solidariedade Social e Reativação Produtiva no Quadro Público de Emergência, com 134 votos a favor e 110 contra.

A iniciativa contou com o apoio total da Frente de Todos, que também contou com o apoio dos deputados da bancada federal  e da Unidad Federal para el Desarrollo. Juntos por el Cambio e a Frente de Izquierda, como tinham antecipado, manobraram para deixar a sessão sem quorum mas não conseguiram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s