Herança macrista II: General Motors suspende operações em Santa Fe devido ao colapso das vendas

A medida afeta 1.200 trabalhadores, que receberão 70% do salário. O fechamento foi negociado entre a empresa e os trabalhadores diante da crise no setor.

FONTE: Ámbito financiero

A montadora General Motors decidiu fechar sua fábrica na cidade de Alvear, em Santa Fe, ao longo de fevereiro e os 1.200 funcionários receberão 70% do salário, informaram hoje o sindicato e a empresa.

O fechamento da fábrica GM da Argentina foi negociado no ano passado entre a empresa automotiva e o Sindicato dos Mecânicos e Afins do Transporte (SMATA).

O secretário-geral do SMATA Rosário, Marcelo Barros, disse que o fechamento em fevereiro faz parte do acordo com a empresa, que sofre com a queda nas vendas no mercado interno, que viveu seus piores anos durante a presidência de Mauricio Macri, e no principal país para o qual exporta sua produção: o Brasil.

Os números falam por si. Em 2019, as vendas caíram 43% e foi o pior ano do setor desde 2006. Apenas 460 mil unidades novas foram comercializadas. O colapso no último ano de Macri é comparável ao que ocorreu em 2002 durante a crise do país.

A fábrica, localizada a 30 quilômetros ao sul da cidade de  Rosário, interromperá a produção novamente em fevereiro e seus operários receberão 70% de seus salários.

Durante os meses de outubro e novembro, a montadora e o SMATA decidiram realizar suspensões rotativas de 350 trabalhadores.

Barros destacou que a situação da GM é semelhante à de outras montadoras sediadas no país, porque a queda nas vendas no mercado interno e nas exportações para o Brasil produziram uma redução na produção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s