Coronavírus na Argentina: quarentena obrigatória também para quem for do Chile e do Brasil

O governo argentino ampliou a lista de países de extremo perigo devido à possibilidade de contágio da COVI-19.

FONTE: El destape

O governo argentino estenderá a restrição para viajantes que chegarem de outros países, assim como para os argentinos que chegarem do Chile e do Brasil, os quais terão que cumprir a quarentena obrigatoriamente devido à possibilidade de contágio. Chile e Brasil foram adicionados à lista de países com restrição de ingresso à Argentina nas últimas horas devido ao agravamento da situação.

Até agora, a Argentina havia proibido a entrada de viajantes da China, Coréia do Sul, Japão, Irã, Itália, Espanha, França, Alemanha e Estados Unidos.

Em diálogo com a Rádio El Destape, a Diretora Nacional de Migrações, Florencia Carignano, explicou que “o fechamento das fronteiras implica que somente [estrangeiros] residentes [na Argentina], argentinos e comércio internacional possam entrar”. “Quem vier para o comércio internacional será analisado para ver se não estava em alguma zona de risco e quem entrar terá que ficar em quarentena”, acrescentou.

Os viajantes devem manter o isolamento obrigatório e cumprir o artigo 7 do Decreto de Necessidade e Urgência 260 do Ministério da Saúde. O objetivo é detectar pessoas que cheguem com sintomas de febre ou gripe e encaminhá-las às instituições de saúde, além de impedir que possíveis casos suspeitos entrem em contato com pessoas saudáveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s