O governo argentino anunciou renda familiar de emergência de 10.000 pesos

Destina-se a pessoas entre 18 e 65 anos de idade que não têm renda e a trabalhadores independentes. A medida também inclui beneficiários de planos sociais e beneficia 3,6 milhões de famílias.

FONTE: Portal de noticias

Ministros de trabalho Caudio Moroni e de economia Martín Guzmán.

Os ministros da Economia Martín Guzmán e de trabalho Claudio Moroni anunciaram nesta segunda-feira a implementação de uma Renda Familiar de Emergência de 10 mil pesos [R$ 800] que será paga em abril, mas que poderá ser repetida ao longo do tempo de acordo com a evolução da emergência econômica e sanitária.

O auxílio é destinado a pessoas entre 18 e 65 anos de idade (desde que não possuam nenhum tipo de renda familiar nem aposentadorias ou pensões), aos trabalhadores independentes, e trabalhadores autônomos de baixa renda ou da economia informal cujo ingresso familiar tenha diminuído ou desaparecido como consequência do isolamento obrigatório imposto pela necessidade de controlar a progressão da pandemia de coronavírus.

Essa renda beneficiará cerca de 3,6 milhões de famílias, com a qual o estado procura  alcançar as famílias que hoje não estão protegidas por outros benefícios. O chefe da carteira do trabalho disse que nas próximas horas se conhecerá a regulamentação e nos primeiros dias de abril o aplicativo para cadastro estará disponível a fim de obter o benefício.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s