Efeito coronavírus: produção industrial de PMEs caiu 28,8% em março

Isso foi confirmado por um estudo sobre o impacto da queda de atividade nos primeiros 12 dias de isolamento social.

FONTE: Portal de noticias

A produção de pequenas e médias indústrias (PMEs) despencou 28,8% em março em relação ao mesmo mês do ano passado, devido à interrupção do nível de atividade nos últimos dias do mês em que a quarentena foi declarada pela pandemia de COVID-19.

Isso foi revelado por uma pesquisa realizada pela Confederação Argentina de Médias Empresas (CAME). Enquanto isso, na comparação mensal, o setor de PMEs caiu 21,3%.

Na comparação anual, a menor queda foi observada na categoria Alimentos e bebidas (-9,7%) e a maior, em Papel, Papelão, Edição e Impressão (-42,5%).

Outros setores com quedas profundas na comparação anual foram eletromecânico, indústria madeireira e móveis (-40,0%) e produtos de metal, máquinas e equipamentos (- 37,6%).

A indústria têxtil também foi afetada pela quarentena, com queda de 33,5% em relação ao ano anterior. Em geral, as indústrias trabalharam com dificuldades nos primeiros 19 dias e, já nos últimos 12, muitas empresas fecharam.

Outro fato preocupante da pesquisa realizada pela CAME sobre os efeitos do isolamento especifica que apenas 57% das indústrias pequenas e médias conseguiram cobrir todos os cheques emitidos em março.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s