O risco-país caiu 1000 pontos e ficou na metade do recorde deixado por Macri

O Governo de Alberto Fernández conseguiu sair da moratória herdada do governo Macri e conseguiu uma melhora na frente financeira.

FONTE: Primereando las noticias

Ministro de Economia Marín Guzmán.

O risco-país da Argentina caiu 1.000 pontos e ficou em 1.083, após o país começar a reorganizar a frente financeira com a saída do default da dívida. Por outro lado, as negociações com o FMI estão começando.

O risco país é um índice do JP Morgan que mostra qual é o “risco” dos títulos colocados por um país. É uma informação para investidores financeiros internacionais. Quanto menor for, mais “seguros” serão os títulos.

Para a Argentina, é um grande fato que lhe permite direcionar a situação financeira após o endividamento realizado pelo macrismo, que terminou em inadimplência em novembro de 2019. Naquela época, o risco-país ultrapassava os 2.500 pontos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s