O Governo argentino declarou luto nacional pela morte de Quino

Foi oficializado pelo Decreto 784/2020, em homenagem à contribuição do cartunista criador de Mafada para a cultura argentina.

FONTE: El destape

O Governo decretou luto nacional pela recente morte de Joaquín Salvador Lavado, conhecido como “Quino”, em reconhecimento a tudo o que contribuiu para a cultura argentina.

A notícia de sua morte angustiou o país.

No decreto presidencial, destaca-se que Quino, através de suas criações, deu uma enorme contribuição pedagógica para a educação pública e popular em nosso país e que “foi um pioneiro na problematização, por meio do humor, de questões como a desigualdade de gênero e o lugar da mulher nas sociedades patriarcais”.

O norma destaca a criação de Mafalda, “personagem icônica da cultura argentina, que desde o olhar infantil estimula a reflexão sobre problemas que afetam toda a humanidade e todo o planeta, sem perder de vista seu pertencimento local”.

“Com seu humor gráfico tem acompanhado o crescimento das famílias argentinas, compartilhando seu trabalho de geração em geração, cativando meninos e meninas, despertando o pensamento crítico entre os adolescentes e gerando um olhar conspiratório com os adultos”, expressa o decreto presidencial.

Quino promove seu humanismo e valores como respeito à vida, direitos humanos e paz, “que não só permanecem em vigor, mas são permanentemente ressignificados, entendendo suas criações como uma instância de encontro e unidade entre argentinas e argentinos”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s