Cientistas da Argentina, Brasil e França desenvolvem vacina oral contra Covid-19

O projeto está em fase pré-clínica e tem como objetivo final desenvolver uma vacina oral contra o coronavírus SARS-CoV-2 que teria “maior aceitação pela população e favoreceria seu armazenamento em temperatura ambiente”.

FONTE: Diario registrado

Uma vacina oral, que dispensa o uso de seringas, está sendo desenvolvida por cientistas argentinos, brasileiros e franceses.

Segundo informa a Agência CyTA-Leloir, a iniciativa é liderada por Hugo Luján, do Conicet e da Universidade Católica de Córdoba, na Argentina; Jorge Kalil, da Universidade Federal de São Paulo, Brasil, e David Klatzmann, da Sorbonne, na França, um dos descobridores do vírus da AIDS.

O projeto está em fase pré-clínica para desenvolver uma vacina oral contra o coronavírus SARS-CoV-2 que teria “maior aceitação pela população e favoreceria seu armazenamento em temperatura ambiente”.

Apesar da facilidade com que são administradas e armazenadas as vacinas orais, a Organização Mundial da Saúde (OMS) as recomenda apenas para poliomielite, diarreia por rotavírus e cólera.

O objetivo das investigações realizadas por cientistas da Argentina, França e Brasil é verificar se uma fórmula do coronavírus SARS-CoV-2 pode ser adicionada a essa seleta lista.

“Queremos desenvolver uma vacina que possa ser aplicada em comprimidos, que teria maior aceitação pela população e favoreceria seu armazenamento em temperatura ambiente”, disse Luján, pesquisador sênior do Conicet, professor da Universidade Católica de Córdoba (UCC) e diretor do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Imunologia e Doenças Infecciosas (CIDIE).

Ele acrescentou que “não seriam necessárias seringas ou agulhas que devem ser cuidadosamente descartadas e incineradas”.

Por sua vez, Klatzmann assegurou que “para uma eficácia ótima, a vacinação deve ser dirigida à maior proporção da população; não só protege quem recebe a vacina, mas também contribui para diminuir o tamanho da população em que o vírus pode se disseminar, contribuindo para o controle da pandemia”.

Leia a matéria na íntegra (em espanhol): Diario Registrado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s