Alberto Fernández apresentou o programa Casa Propia: “O mérito é útil se dermos a todos condições iguais”

O presidente presidiu a assinatura de convênios com os municípios de Avellaneda, Quilmes, Berazategui e Florencio Varela para a construção de mais de 3.000 moradias. Ao todo, serão construídas 60.000 casas na primeira fase.

FONTE: El Destape

O presidente Alberto Fernández disse que é “um dia muito feliz” ao apresentar o plano habitacional da Casa Propia e garantiu que não quer mais “uma Argentina dividida por uma rua onde de um lado estão os necessitados e do outro os que têm“.

Na cidade de Quilmes, onde foi apresentada a iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Territorial e Habitat, o chefe de Estado destacou a importância de dar condições iguais a todos os argentinos para promover o crescimento. Nesse contexto, destacou que “o mérito serve se dermos condições iguais a todos […] Por isso acreditamos que onde a sociedade não pode gerar condições iguais, o Estado deve estar presente para gerá-las”.


“Alguns pensam que por falarmos assim nos tornamos populistas. Se ser populista é pensar em quem menos tem e mais precisa, sou um populista. Dê-me o título que quiser, mas ainda estou preocupado com essas pessoas.” Alberto Fernández


O evento contou com a presença do Presidente Alberto Fernández, do Ministro do Desenvolvimento Territorial e Habitat, Jorge Ferraresi, do Chefe de Gabinete Nacional, Santiago Cafiero, e da prefeita de Quilmes, Mayra Mendoza, entre outros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s