A partir deste mês a Argentina também receberá vacinas chinesas

O laboratório Sinopharm prometeu enviar um milhão de doses na segunda quinzena deste mês. Só falta a aprovação da ANMAT e a logística da Aerolíneas Argentinas para seu transporte.

FONTE: En orsai

Bomba: desde este mes también empiezan a llegar vacunas desde China

Xi Jinping respondeu à carta de Fernández há dez dias e agora a Sinopharm está acelerando o acordo com o Ministério da Saúde argentino.

Em meio a um ressurgimento de casos de COVID-19 e às imagens de eventos sociais nos quais não é mantido o distanciamento social nem se respeitam protocolos, o presidente Alberto Fernández recebeu uma boa notícia esta manhã de Pequim. Nas últimas horas, o governo argentino deu mais um passo para avançar na vacinação e fechou um acordo com o laboratório estatal chinês Sinopharm para que um milhão de doses da vacina “BBIBP-CorV” cheguem a Buenos Aires durante o mês de Janeiro.

Como apurou o elDiarioAR de fontes que conhecem as negociações, a previsão do Governo é que o primeiro milhão de vacinas chegue na segunda quinzena de janeiro, em avião da Aerolineas Argentina. No entanto, uma série de etapas importantes ainda estão faltando. Em primeiro lugar, a ANMAT [o equivalente argentino à ANVISA] deve autorizar o uso emergencial da vacina, o que está previsto para esta semana, e -em paralelo- a coordenação do vôo que sairia de Pequim.

Na Casa Rosada afirmam que a vacina Sinopharm tem uma vantagem logística importante, pois a temperatura de refrigeração necessária para preservá-la é de 2 a 8 graus, uma diferença importante que reduz custos em relação às outras. No caso da vacina da Pfizer, ela exige ser mantida a 80 graus abaixo de zero, em geladeiras especiais; e no caso do Sputnik V foi necessário transferi-la com gelo seco.

O laboratório Sinopharm fez o teste na Argentina com 3.000 voluntários, associados ao laboratório Elea Phoenix, do empresário Hugo Sigman. Na semana passada, a China aprovou a vacina Sinopharm para uso geral e iniciou seu plano geral de vacinação. Além disso, a autorização no registro de emergência foi autorizada nos Emirados Árabes Unidos e no Egito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s