Promessa cumprida: Argentina se retirou do Grupo de Lima

Foi um compromisso de campanha do presidente Fernández. A  Chancelaria rejeitou os ataques promovidos pelos países membros para isolar o povo venezuelano.

FONTE: Portal de noticias

No Dia da Memória, Pela Verdade e Justiça, a República Argentina formalizou sua saída do denominado Grupo Lima, considerando que as ações que o Grupo vem promovendo em âmbito internacional, visando isolar o Governo da Venezuela e seus representantes, foram em vão. Por outro lado, a participação de um setor da oposição venezuelana como mais um membro do Grupo Lima tem levado à adoção de posições que o Governo argentino não pode apoiar.

A Chancelaria explicou que, “mais uma vez, reiteramos que a melhor forma de ajudar os venezuelanos é facilitando um diálogo inclusivo que não favoreça nenhum setor em particular, mas sim conseguir eleições aceitas pela maioria com controle internacional. É claro que as autoridades venezuelanas não podem ignorar, no entanto, que produzir as condições para um diálogo produtivo é antes de tudo sua responsabilidade. Um diálogo do qual devem fazer parte, mas sem afastar o conjunto da oposição. Um diálogo que, sem dúvida, se enriqueceria com as vozes dos principais atores sociais do país, como a Igreja, o setor empresarial e as organizações não governamentais, sem exclusões”.

Num contexto em que a pandemia assola a região, as sanções e bloqueios impostos à Venezuela e às suas autoridades, bem como as tentativas de desestabilização ocorridas em 2020, apenas agravaram a situação da sua população e, em particular, a de seus setores mais vulneráveis. É importante destacar que as sanções afetaram os direitos humanos da população venezuelana, conforme afirma o relatório do Relator Especial sobre as repercussões negativas das medidas coercitivas unilaterais dos direitos humanos. Nesse espírito, a Argentina continuará mantendo seu compromisso com a estabilidade da região e buscará direcionar soluções pacíficas e democráticas que respeitem a soberania e os assuntos internos de cada Estado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s