A Argentina pediu à OMS “um pacto de solidariedade global” para que as vacinas e remédios sejam gratuitos ou “acessíveis”

18/05/2020
O Ministro da Saúsde,González García, se referiu à situação que está em debate em relação ao acesso às vacinas para todo o planeta, e solicitou que os resultados de pesquisas, vacinas e produtos médicos fossem garantido a todos os estados “por meio de licenças gratuitas ou suficientemente acessíveis para todas as sociedades do mundo”.